Qual a carteira de cripto moedas para apostar online?

Last Updated on janeiro 30, 2022 by LTC Casino Editorial

Existem vários tipos de carteiras onde guardar as suas criptomoedas, cada uma com as suas próprias vantagens e armadilhas. Para fins de jogo online, sugerimos a utilização de carteiras de criptomoedas online, se estivermos a considerar pequenas somas. Se for um jogador de grandes apostas, defendemos o jogo usando carteiras frias, especificamente hardware dedicado.

 

 

Carteiras de criptomoedas online
As carteiras online, também conhecidas como carteiras web, são ideais para quem é novo no mundo das criptomoedas. É a forma mais convenientes de as guardar. Como está conectada à nuvem, é pouco provável que perca a sua carteira ao fazer algo parvo como limpar o seu disco. A desvantagem deste método de armazenamento é que é “online” e, por isso, não é impossível de ser pirateada. As carteiras online são, por isso, ideais para jogadores com quantias pouco avultadas.

Carteiras de criptomoedas físicas
Também conhecidas como carteiras desktop ou carteiras frias, são, essencialmente, um software que pode instalar no seu computador. São bastante práticas para os apostadores que usam criptomoedas, porque podem ser utilizadas offline. Também estão protegidas da maioria do malware e vírus. O truque é lembrar-se da sua chave porque, ao contrário das carteiras online, não terá outra forma de recuperá-la se a perder. Além disso, se o seu disco falhar ou se formatar o seu computador, terá uma grande probabilidade de perder o seu dinheiro.

Carteiras móveis
Também conhecidas como carteiras quentes, funcionam quase da mesma forma que as aplicações de telemóvel. Vêm com a segurança adicional dos códigos QR. Todavia, há sempre o risco de perder o seu telemóvel. Além disso, sempre que formatar o seu telemóvel, terá de certificar-se de que transfere a sua carteira. Tal como qualquer outro dispositivo conectado, pode estar sujeita a malware.

Discos USB e hardware especializado
A opção final é outro tipo de carteira fria. Alguns fabricantes produzem dispositivos (como pen drives) que foram concebidos para armazenar moedas Bitcoin e outras criptomoedas. Opções como a Ledger Nano também são chamadas carteiras de hardware. São convenientes na medida em que pode sempre transportá-las consigo, e o facto de estarem offline garante que está a salvo de malware e vírus. No entanto, há dois inconvenientes. Em primeiro lugar, se perder o seu hardware ou as chaves de acesso, estará encalhado. Em segundo lugar, nem sempre são baratas. Sendo a única carteira que custa dinheiro, estas podem variar no preço desde 10 euros até várias centenas de euros.